7 Passos para se tornar um Empreendedor

“Há apenas uma maneira de evitar críticas: não fazer, não falar e não ser nada” (Aristóteles)

Estamos trabalhando com uma sequência de sete posts, ao longo de sete semanas, descrevendo os sete passos fundamentais para a abertura de um negócio. No primeiro post tratamos do primeiro passo—Brainstorming de ideiasNa sequência, semana passada, portanto, abordamos o segundo passo—Apaixone-se pelo Negócio.  Aí vai o terceiro.

3- Desenvolva um Plano de Negócios

Agora que você escolheu o que vai fazer, e está perdidamente apaixonado pela ideia; um plano de negócios tem que ser elaborado. Calma, você não precisa ser um especialista para desenvolver o plano de negócios. Você pode ter acesso a tudo isso, gratuitamente, através do SEBRAE de sua cidade, caso você esteja no Brasil; ou no IAPMEI, estando você em Portugal. Mas é claro que você precisa ter uma noção básica de alguns aspectos fundamentais inerentes a qualquer negócio para “desenhar a cara do seu”. Portanto, antes de procurar ajuda externa, responda as seguintes questões:

a – Qual é o propósito do meu negócio? Onde eu quero chegar com isso?

b – Qual é o nome? Como vai ser a comunicação visual – Logomarca? Lay out das instalações?

c – Onde vai funcionar? Qual o local?

d – Quem é o meu público?

e – O consumidor quer um produto/serviço como o meu? Existe demanda para o meu negócio?

f – Por que o consumidor vai consumir meu produto/serviço e não o do concorrente?

g – Como eu vou apresentar meu produto/serviço para o consumidor? Quais serão os meios de comunicação? Redes Sociais? Corpo a corpo? Panfletagem? Em resumo, qual será a estratégia de marketing e propaganda?

h – Quantas pessoas serão necessárias para operar o negócio?

Faça do jeito que você imagina que seja. Claro que existem profissionais tecnicamente capacitados para executarem essa tarefa, mas à medida que você pesquisar para responder essas perguntas básicas do plano de negócios, você vai aprender elementos importantíssimos para tocar o seu negócio vida a fora. Pegar tudo prontinho de cara não vai ajudar na sua capacitação. E, acredite, capacitação é fundamental para se lançar no mundo dos negócios. Se você não tem, aproveite o início para adquirir.

Depois que você responder essas perguntas, sua visão do negócio será completamente diferente da que você tinha quando decidiu empreendê-lo. Aí sim é a hora de conversar com os especialistas. Seu nível de entendimento será outro e as informações serão aproveitadas mais consistentemente.

Na próxima semana, dando sequência à nossa viagem rumo à abertura do nosso negócio, trataremos do quarto passo—Desenvolva um Projeto de Viabilidade Econômico-financeira. Até lá.

2019-07-08T10:17:22-03:00 27 de novembro, 2017|Empreendedorismo|0 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: