O que precisamos para vencer?

O que precisamos para vencer?

“Sonhar mais um sonho impossível. Lutar quando é fácil ceder. Vencer o inimigo invencível. Negar quando a regra é vender” (Chico Buarque; Ruy Guerra; Joe Darion; Mitch Leigh)

Temos falado bastante sobre empreendedorismo nas nossas últimas publicações e para dar continuidade a esse tema, achei que seria oportuno reeditar uma lista de elementos que julgo ser essencial para empreendermos coisas grandiosas de forma verdadeiramente vitoriosa.  Essa lista é parte de um post que publiquei há um ano. Você pode acessá-lo na íntegra clicando aqui. Vamos à lista?

1 – Fé

O livro de Hebreus, capítulo 11, versículo 1 diz que “a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem.” A conquista do sucesso começa na certeza absoluta que temos da sua conquista. É como ver o invisível. Se temos algum tipo de dúvida em relação ao que podemos conquistar, sacramentamos a derrota. É preciso crer para ver; não o contrário.

2 – Persistência

A caminhada em direção à vitória é longa e cheia de percalços. Não é sempre assim, mas conheço poucos exemplos onde tudo aconteceu meio que por acaso, facilzinho. Na grande maioria das vezes, o acordar cedo e dormir tarde é a regra; não a exceção.

Uma das frases icônicas da personagem Dory do filme “Finding Nemo” (à procura de Nemo) para encorajar seu pai diante das dificuldades ao longo do percurso para encontrar Nemo era: “just keep swimming” (apenas continue nadando). Em outras palavras—não desista! Persevere na busca do sucesso como se você estivesse à procura de um filho perdido.

3 – Solidariedade

Seja solidário(a) com às pessoas que ainda não chegaram ao seu patamar. O significado da palavra solidariedade quer dizer: “responsabilidade recíproca entre elementos de um grupo social, profissional, institucional ou de uma comunidade”. Pressupõe um sentimento de identificação em relação ao sofrimento do outro. Aquilo que chamamos de empatia. A essência da palavra, no meu entendimento, sugere o compartilhamento, a generosidade, a agregação dos diferentes e o reconhecimento da importância de todos.

4 – Saiba a hora de parar

Tudo começa, se desenvolve e acaba, no transcorrer de nossas existências. De uma forma ou de outra, seguindo cronologias diferentes; este é o caminho a ser percorrido. “O para sempre; sempre acaba”, como dizia Renato Russo. As pessoas que conseguem identificar o “timing” das estações da vida, com maturidade e equilíbrio, têm maiores chances de viver a plenitude dos seus momentos existenciais sem lamentações.

Descobrir a hora de realinhar seu empreendimento é essencial para não se tornar obsoleto. Em algumas situações, a hora de parar e se redesenhar pode surgir e é preciso estar atento a isso para não continuar por uma estrada que já não leva a nenhum destino, entende? Às vezes, é preciso criar novas rotas e abandonar as antigas.

5 – Gratidão

Agradeça por tudo e a todos que estiveram ao seu lado no percorrer do caminho. Agradeça, sobre tudo e sobre todos; a Deus (mesmo que você seja ateu!). Não pense que você é o único merecedor dos louros da vitória porque não se ganha nada sozinho. Olhe ao seu redor e veja quantas instituições lhe propiciaram chances de sucesso; quantos professores se dedicaram a lhe ensinar; seus colegas de trabalho; seus amigos; sua família… Você não fez sozinho!!! Agradeça!!!

Não existe uma receitinha pronta para empreendermos grandes coisas. O que tenho feito, ao longo da minha vida profissional, é observar algumas características comuns entre as pessoas que “chegaram lá”. As que descrevi aqui são somente algumas delas. Espero que sejam úteis para você ao longo da caminhada. Sucesso e até breve!

2020-06-18T20:47:37-03:00 15 de junho, 2020|Empreendedorismo|0 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: